Exclusivo: Paula Simplício fala sobre sua pré-candidatura a prefeitura de Garrafão do Norte, PA

1930411_1121997694511511_4108979743427610035_n
(Foto: Divulgação)
O Município de Garrafão do Norte fica aproximadamente a 240 km da capital, Belém, e tem aproximadamente 25 mil habitantes. Sua economia é sustentada basicamente pelo setor de serviços e agrícola. Como muitas cidades, tem diversos problemas e desafios.
Ana Paula Barbosa de Carvalho (36) ou Paula Simplício como é conhecida, está disposta a enfrentar esses desafios e fortalecer a economia da cidade para geração de empregos. Em uma pequena entrevista, Paula Simplício, falou o que motivou sua pré-candidatura a prefeitura de Garrafão do Norte.
“O que me motiva é o desejo de mudança, de uma nova construção política e de desenvolvimento para o município. Vim para Garrafão através de um grande sonhador e idealizador de um projeto , nosso saudoso Simplício , que conseguiu renovar as esperanças do povo e hoje pretendo resgatar a credibilidade que o povo tem adormecida , em novos tempos.” Afirmou.
Paula contou ainda um pouco das suas propostas e prioridades caso venha ser eleita e disse que o atual momento politico do País exige novos nomes.
“Queremos tornar Garrafão uma referência na agricultura, considerando que trata-se de um município predominantemente rural, incentivando inclusive novos APLs; estimular parcerias público-privada para gerar postos de empregos; dentre outras propostas. Considerando a atual fase da política brasileira que exige nomes novos, limpos, com fôlego para implementar um novo perfil político, acho que o momento se tornou oportuno para novas idéias e podemos somar nesse processo com o conhecimento técnico adquirido com minha área de formação jurídica e a experiência profissional da área pública.”
Até pouco tempo na base aliado do atual prefeito Francisco Chaves Franco (PMDB-PA), atuando como assessora jurídica da prefeitura, Paula Simplício rompeu com o governo e disse porque tomou essa decisão.
“O que me motivou a lançar uma terceira via, foi a preocupação com a cidade, uma vez que os projetos existentes estavam mais preocupados com a manutenção pessoal de poder ou desejo de tomá-lo para si. Infelizmente dos grupos anteriormente estabelecidos, vimos poucas propostas de compromisso, responsabilidade e crescimento.” concluiu.
Atualmente existem três pré-candidatos a prefeitura de Garrafão do Norte, além de Paula Simplício, devem concorrer Maria Edilma Alves (PSB-PA) e Antônio Profiro (PSC-PA).
Novas Regras
Além de mudanças nos prazos para as convenções partidárias, filiação partidária e no tempo de campanha eleitoral, que foi reduzido, está proibido o financiamento eleitoral por pessoas jurídicas. Na prática, isso significa que as campanhas eleitorais deste ano serão financiadas exclusivamente por doações de pessoas físicas e pelos recursos do Fundo Partidário.
Quem quiser disputar as eleições em 2016 precisa filiar-se a um partido político até o dia 2 de abril, ou seja, seis meses antes da data do primeiro turno das eleições, que será realizado no dia 2 de outubro.
A data de realização das convenções para a escolha dos candidatos pelos partidos e para deliberação sobre coligações também mudou. Agora, as convenções devem acontecer de 20 de julho a 5 de agosto de 2016.
Outra alteração diz respeito ao prazo para registro de candidatos pelos partidos políticos e coligações nos cartórios, o que deve ocorrer até às 19h do dia 15 de agosto de 2016. A reforma também reduziu o tempo da campanha eleitoral de 90 para 45 dias, começando em 16 de agosto.
Entramos em contato com Maria Edilma Alves e com Jonas Soares (pré-candidato a vice com Antônio Profiro) para igualmente poderem falar  sobre as eleições deste ano no Município, mas até o fechamento desta matéria não obtivemos respostas. 
Por Madson Sousa

|| Semana do Jovem Eleitor começa nesta segunda, 28

foto-sheila-wiroski
(Foto: Divulgação)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começa nesta segunda-feira (28) e vai até a próxima sexta-feira (01), a segunda edição da semana do jovem eleitor, destinada a jovens entre 16 e 17 anos, que não tem obrigação de votar.

A ideia é despertar o interesse dos jovens de exercerem sua função de cidadania. Na última eleição o número de jovens nesta faixa etária caiu 30% segundo o levantamento do TSE.

Os jovens que completam 16 anos até o dia 2 de outubro, data prevista para o 1° turno das Eleições Municipais, poderão então obter o seu Título de Eleitor. Para tanto, documentos como o RG ou a certidão de nascimento e comprovante de residência têm que ser apresentados. O prazo para o alistamento vai até o dia 4 de maio.

Por Madson Sousa

Fita com gravação de Renato Russo aos 18 anos é descoberta e virá a público

(Foto: Divulgação)

Filho de Renato Russo (1960-1996), Giuliano Manfredini, 27, recebeu a fita da gravação mais antiga que se conhece da viz do pai. Ela estava em Belo Horizonte com Carlos Marcelo, pesquisador e biógrafo do líder da Legião Urbana. Agora, será estudada e virá a público. “Sabíamos da existência dela, mas não dá localização”, diz Giuliano.

O áudio, com cerca de 45 minutos, foi gravado no apartamento onde o músico morava com os pais, em Brasília, entre 1978 e 1980, pelo menos dois anos antes da criação do grupo. Renato tinha por volta de 18 anos e uma voz ainda não tão grave. André Pretorius, que depois seria seu colega no Aborto Elétrico, o acompanhava, no violão.

A fita contém dez músicas, incluindo algumas que ficariam famosas com a Legião, como ” Faroeste Caboclo “. Outra raridade é a melodia de ” Tempo Perdido “, lançada anos depois pela banda, mas cantada com outra letra. Refazer composições era comum no processo criativo do autor. Também há oito vinhetas, cada uma com cerca de um minuto de duração. Cantadas em inglês, são provavelmente covers de banda de punk rock da época. A confirmação depende de uma pesquisa mais detalhada.

O lançamento comercial da gravação ainda será discutido,porque isso exigiria um tratamento para melhorar a qualidade do som, bastante abafado. Mas a Legião Urbana produções Artísticas já decidiu que vai disponibizá-la para os fãs. Giuliano entregou o material ao MIS (Museu da Imagem e do Som), em São Paulo, responsável pela preservação do acervo do Renato. A instituição está catalogando tudo para uma exposição sobre ele em 2017. E também aceita doação de outros registros que ajudem a resgatar a história do artista.

Fonte: Folha de SP

Mulheres representam 13% das vereadoras e 12% das prefeitas

(Foto: Divulgação)

Atualmente, as mulheres ocupam apenas 13,5% dos cargos nas câmaras municipais e 12% das prefeituras de todo o país, revelou levantamento da Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM). Em números absolutos, são 7.782 mulheres vereadoras. Os homens, que ocupam 86,5% das vagas, somam 49.825.

Entre as eleições de 2008 e 2012, o número de candidaturas femininas para as 5.568 câmaras municipais saltou de 72.476 para 133.864, crescimento de 84,5%. No entanto, esse aumento não fez com que mais mulheres se tornassem vereadoras. Em 2008, 8,9% das concorrentes se elegeram para as câmaras municipais. Em 2012, o percentual caiu para 5,7%.

No caso das prefeituras, em 2012 foram 672 candidatas eleitas, aumento de 33% em relação à eleição de 2008, quando foram eleitas 504 prefeitas. Isso representa 9,12% do total de candidatos às prefeituras no país.

No Congresso Nacional, a participação das mulheres também é baixa. No Senado, a representação feminina atualmente não chega a 15% dos cargos. Já na Câmara dos Deputados, elas ocupam apenas 10% das cadeiras.

A secretária de Articulação Institucional e Ações Temáticas da SPM, Rosali Scalabrin, defende que a igualdade na política não é apenas uma questão de cotas ou de equidade de gênero. “É impossível ter, verdadeiramente, uma democracia sem a representação dos vários segmentos da sociedade. O segmento dos negros, indígenas, das pessoas com deficiência mas, sobretudo, das mulheres, que são mais de 50% da população, não está representado”, diz.

Barradas no poder

Para Fátima Pacheco Jordão, socióloga e conselheira do Instituto Patrícia Galvão, o grande problema em relação à baixa participação feminina na esfera política é que elas são barradas nos espaços de poder.

“A mulher tem grande representatividade em outros espaços, como a educação. Além de serem mais escolarizadas, têm profissões qualificadas na área da saúde, de pesquisas científicas e médicas. Mas elas não têm papel onde existe poder. Os mecanismos de construção de poder, sobretudo político, é nos partidos”, explica a socióloga.

Para Scalabrin, as pautas referentes aos direitos das mulheres não apenas deixam de ser aprovadas como têm sofrido ameaças de retrocesso no Congresso. Segundo ela, a política brasileira é majoritariamente masculina, branca e defensora dos interesses da elite econômica, não os da população em geral.

Em relação às demandas da sociedade, Fátima Jordão afirma que, desde a década de 1970, quando começaram a ganhar força os ideais em defesa do meio ambiente, do feminismo e contra o racismo, sempre foram os movimentos sociais que abrigaram esses temas.

“Esses assuntos nunca foram tratados pelos partidos, eram lutas extrapolíticas. Eles [os partidos] mantiveram a percepção de que o problema da vida das pessoas não é político. Hoje, não apenas no Brasil, eles não representam a população. Se perguntadas sobre simpatia partidária, 70% das pessoas dizem não ter a menor simpatia por partidos”, afirma Fátima.

Scalabrin avalia que essa sub-representação se deve, entre outras razões, à divisão sexual do trabalho. “[Essa divisão] sobrecarrega as mulheres, que tem menos tempo porque têm dupla jornada. Ou seja, apesar de terem trabalho remunerado, continuam com as atribuições da esfera doméstica, reprodutiva. Essa tarefa não foi dividida [com os homens]. A mulher continua com sobrecarga, portanto o tempo que ela tem para a política é mínimo”, disse.

Fonte: ORM News

Procissão de Ramos marca início da Semana Santa em Belém

Arcebispo presidiu missa do Domingo de Ramos na Catedral Metropolitana. (Foto: Carlos Brito/TV Liberal)
(Foto: Carlos Brito / TV Liberal)

Centenas de fiéis participaram na manhã deste domingo (20) da Procissão de Ramos em Belém, realizada no entorno da Praça Frei Caetano Brandão, no bairro da Cidade Velha. O Domingo de Ramos marca o início da Semana Santa e celebra a aclamação de Jesus em sua chegada a Jerusalém, quando foi saudado com ramos pela população.

Os ramos trazidos pelos fiés foram abençoados durante celebração na Igreja de Santo de Alexandre, de onde a procisão seguiu até a Catedral da Sé para a realização da Missa de Ramos, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira.

Nesta segunda-feira (21), a programação da Semana Santa na Catedral de Belém continua com as confissões de fiéis das 16h às 19h e missa às 19h. Na terça (22) a programação se repete com missa celebrada por Dom Alberto Taveira às 18h. Na quarta (23), após a programação ocorre a Procissão Luminosa a partir das 19h, realizando o traslado do Senhor dos Passos até a Basílica Santuário de Nazaré.

Na quinta-feira (14) ocorre a Missa do Crisma às 8h, com a Bênção dos Óleos e a renovação das promessas sacerdotais. A partir das 18h, a Catedral recebe a Missa da Ceia do Sehor, com o traslado do Santíssimo Sacramento após o lava pés.

A programação da Sexta-Feira Santa (25) começa com a Procissão do Senhor dos Passos, partindo às 7h da Basílica Santuário de Nazaré com a imagem do Senhor dos Passos e saindo às 8h da Igreja de São João Batista com a imagem de Nossa Senhora das Dores, para o encontro na Igreja das Mercês e o retorno para a Catedral Metropolitana da Sé. Às 18h será realizada a Procissão do Senhor Morto.

No Sábado Santo (26) será realizada na Catedral a Vigília de Páscoa a partir das 21h, e no Domingo de Páscoa (27) a Catedral receberá a Santa Missa nos horários de 7h, 9h e 17h.

Fonte: G1 Pará

Temer já inicia planejamento de governo

(Foto: Divulgação)

De acordo com jornal Folha de S. Paulo, a cúpula da oposição e o vice-presidente Michel Temer (PMDB), já estão a discutir possíveis nomes e perfis que integrariam o governo, caso ele assumisse. Em meio a esse debate, partidos como PSDB, DEM e PPS começaram a dar declarações de que darão suporte ao peemedebista no caso de impeachment de Dilma.

A oposição tem uma lista de demandas. O PSDB quer que Temer adote parte das propostas pregadas pela sigla como carro-chefe de um eventual governo peemedebista.

Em troca, caciques do partido como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o senador José Serra (SP) e agora o próprio presidente da legenda, Aécio Neves (MG), prometem trabalhar para dar sustentação a Temer.

Procurado pela Folha, Aécio disse que o PSDB “terá grandeza e responsabilidade”. “O processo [impeachment] agora é inexorável. Estamos dispostos a conversar em torno de uma agenda, não de cargos.”

 Fonte: Notícias ao Minuto

“Velho Chico”: Capitão Rosa é assassinado misteriosamente

Capitão Rosa é assassinado com tiros por misterioso
(Foto: Divulgação / Rede Globo)

Nos próximos capítulos de “Velho Chico”, o Capitão Rosa (Rodrigo Lombardi) será assassinado enquanto estiver aguardando o embarque do algodão.

O personagem levará um tiro, mas a identidade do autor do disparo não será revelada ao público. Antes de morrer, ele convocará uma reunião com os produtores da região. Eulália (Fabiula Nascimento) afirmará que o marido está se tornando um líder popular.

Após a morte do capitão, seus parceiros logo suspeitarão que Afrânio (Rodrigo Santoro) foi o mandante do crime, mas não conseguirão reunir provas contra ele.

A propósito, o jovem coronel será obrigado a se casar com Leonor (Marina Nery), depois do pai dela o ameaçar de morte caso não assuma o relacionamento.

Fonte: RD1 – Portal IG