Órgãos de segurança do Pará definem ações para as eleições 2016

image
(Foto: Divulgação)

O esquema de segurança que será adotado durante as eleições 2016 em todo o Pará já está pronto para domingo (2). Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE),13 mil agentes de segurança vão estar nas ruas e 70 municípios do estado vão receber tropas federais.

A operação vai ser coordenada do Hangar Centro de Convenções da Amazônia, em Belém, onde os chefes dos órgãos de segurança pública estarão reunidos desde as 7h da manhã de domingo.

“Todo o sistema de segurança pública estará atuando de forma integrada no domingo. Praticamente todo o efetivo do sistema irá atuar. Só não estará trabalhando quem estiver saindo do serviço no domingo de manhã”, explica o secretário adjunto de segurança, Hilton Benigno.

Agentes
Cerca de 13 mil agentes foram convocados para trabalhar em todo estado no domingo, entre eles, 11 mil policiais militares, que vão realizar rondas pelas ruas. Também foram convocados 240 policiais civis e 350 policiais federais, que vão fazer um registro e dar andamento as investigações das ocorrências.

Segundo o TRE, 2 mil homens do exército vão trabalhar no interior do estado durante as eleições.  “O critério que nós adotamos para indicar é a violência local e a dificuldade no acesso”, explica o representante do TRE, Gerson Maia.

Crimes eleitorais
De acordo com o TRE, o Pará está entre os dez estados brasileiros que possuem o maior número de eleitores. São mais de cinco milhões.

O planejamento da segurança para o dia da votação começou a ser feito há um ano. O objetivo é coibir e os crimes eleitorais.

Até o momento, o aplicativo pardal já recebeu 3.424 denúncias. Cerca de 1.300 de propaganda irregular e 255 de compras de votos.

Fonte: G1

TRE-PA alerta para mudança em locais de votação em Belém

image
(Foto: Divulgação)

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Pará alerta os eleitores de Belém para mudanças nos locais de votações em algumas zonas eleitorais. O eleitor pode fazer a consulta ao local de votação pelo Disque Eleitor 0800 091 9101, no cartório eleitoral mais próximo ou ainda no site do TRE-PA.

“A gente tem que destacar que são exceções as mudanças. Do total de 2.510 seções que temos em Belém, em torno de 100 seções ocorreram mudanças. Essas mudanças se concentraram especialmente no bairro do Marco, mas também temos mudanças no bairro do Jurunas e Marambaia”, esclarece o coordenador de logística de eleições, Dilson Athias.

Segundo Athias, as mudanças ocorreram devido vários fatores, como por exemplo, uma zona que funcionava em um colégio foi remanejada para outra escola porque o antigo local passa por reforma.

O eleitor pode saber seu local de votação acessando o site do TRE no ícone “Serviço ao eleitor” – “Local de votação”, utilizando nome ou título. Além do site, o Tribunal Superior Eleitoral vai disponibilizar um aplicativo de celular em que o eleitor poderá saber seu local de votação.

Fonte: G1

Manifestantes protestam contra Temer nesta quinta, em Belém

image
(Foto: Divulgação)

Um grupo de manifestantes realizou uma passeata na manhã desta quinta-feira (22) pelas ruas de Belém. Eles protestaram contra o governo Temer e a retirada de direitos dos trabalhadores. A organização do ato estima que 2 mil pessoas participam da passeata. A Polícia Militar informou que não vai divulgar o número de participantes.

O ato foi organizado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Frente Brasil Popular e conta com o apoio dos sindicatos de trabalhadores de outras categorias, como bancários e da rede pública de ensino.

A concentração foi em frente ao Mercado de São Brás e seguiu por volta das 10h30 em caminhada pela avenida Magalhães Barata rumo à Praça da República, onde se encerrou às 12h30.

“O ato que acontece hoje é um ensaio para a greve geral que deve ocorrer em novembro e também uma forma de reafirmarmos nosso repúdio ao governo Temer, um governo ilegítimo. Além disso, queremos dialogar com outras categorias de trabalhadores para protestar contra a retirada de direitos, as reformas propostas por esse governo, a PEC 241 e ainda afirmar apoio aos demais trabalhadores que já paralisaram as atividades”, disse a presidente da CUT no Pará, Euci Ana Costa Gonçalves.

Fonte: G1

Conheça os primeiros sinais do câncer

image
(Foto: Divulgação)

Os sintomas do câncer são tão sutis e, na maioria das vezes, eles aparecem muito antes do diagnóstico.

Por isso, sempre que você perceber algo estranho em seu corpo, procure um médico.

Afinal, o paciente pode aumentar suas chances de recuperação se o câncer for descoberto e tratado logo no início.

Se os sintomas a seguir surgirem, investigue, pois podem ser um sinal de câncer. 

Febre

Geralmente ela aparece quando o corpo está com alguma infecção. No entanto, ela pode surgir sem nenhum motivo aparente e desaparecer quando menos esperamos.

Isso pode ser sinal de leucemia.

O que acontece é que os glóbulos brancos cancerosos modificam o sistema, atacam as células sanguíneas e, por consequência, deixam falsos sinais que causam febre.

Dor nas articulações

Excesso de peso e de atividade física causa esse tipo de dor. Além disso, lesões e uma brusca mudança climática também são fatores que provocam dor nas articulações.

No entanto, se a dor aparecer sem nenhuma dessas causas, atenção: pode ser sinal de câncer ósseo.

Alterações nos seios

Não pense que apenas as mulheres devem fazer o exame nos peitos, os homens também.

É bom sempre apalpar os seios, mamilos e a área das axilas. Qualquer saliência, mudança de cor ou de temperatura pode ser sinal de câncer de mama.

Perda de peso

Se não for causado por estresse ou até mesmo planejado, a perda de peso de maneira rápida e sem esforço pode ser algum tipo de câncer afetando o organismo.

Alterações nas unhas

Alterações inexplicáveis ​​nas unhas podem ser um sinal de vários tipos de câncer.

Uma faixa ou ponto marrom na unha pode indicar câncer de pele. Unhas que se curvam para baixo podem ser um sinal de câncer de pulmão. Unhas pálidas ou brancas podem indicar a existência de câncer hepático.

Inchaço dos gânglios linfáticos ou caroços no pescoço, nas axilas ou na virilha

Tudo isso indica mudanças no sistema linfático, que pode ser um sinal de câncer.

Tosse sem motivo aparente

Se não é alergia, gripe, mudança climática nem resultado de fumo, então a tosse frequente pode ser sintoma de um estágio inicial de câncer.

O corpo tenta expulsar pelas vias respiratórias, algo tóxico no pulmão, laringe ou garganta.

Problemas no estômago

A distensão abdominal afeta 10% da população e provavelmente ocorre devido ao tipo de dieta.

Além disso, outro fator que ocasiona desconforto nessa região são os sintomas pré-menstruais.

No entanto, se você perceber que já se passaram dez dias e o incômodo não saiu, então pode ser câncer no ovário.

Atenção principalmente à hemorragia durante esse período.

Não deixe de procurar um médico.

Sangramento fora da data

O período menstrual irregular é comum, mas quando acontece esporadicamente.

Entretanto, se for a cada mês, procure um médico especialista. Isso pode ser câncer de útero ou de endométrio.

Contusões

Se seu corpo começar a apresentar hematomas frequentes sem nenhum motivo aparente e eles demorarem a cicatrizar, pode ser indícios de leucemia.

Ou seja, o sangue tem dificuldades em transportar o oxigênio e coagular.

Importante

O texto lista alguns sinais que “podem ser” o indicativo de um câncer. Não significa necessariamente que você tem a doença. O importante é que pessoas fiquem atentas a esses sinais e, assim, no caso de ter um ou mais deles, investiguem junto ao médico.

Fonte: R7.com

Camila Pitanga quebra o silêncio após tragédia

image
(Foto: Divulgação)

Camila Pitanga se pronunciou pela primeira desde a morte do companheiro de trabalho Domingos Montagner. 

A atriz usou seu perfil no Instagram, neste domingo (18), para comentar a tragédia e disse que tem se fortalecido com o carinho que está recebendo dos fãs.

“Gratidão eterna a todos vocês que estão nessa corrente de amor”, escreveu.

FORÇA, CAMILA!

“Deus está com você para te dar muita força”, escreveu um seguidor. “Força Camila, que Deus conforte o seu coração”, acrescentou outro.

Fonte: DOL

Saiba como seria o desfecho de Santo em “Velho Chico”

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O desfecho do personagem de Domingos Montagner, o Santo, estava pronto para “Velho Chico”. No roteiro, ele apareceria contemplando as águas do rio São Francisco. Santo e Tereza (Camila Pitanga) estariam enamorados, felizes, falando que, apesar de tudo o que enfrentaram, valeu a pena. Diriam ainda que o São Francisco foi testemunha dessa história de amor, segundo informações do jornalista Daniel Castro.

Ainda não se sabe se a respectiva cena foi gravada. Ela estava nos roteiros que Montagner e parte do elenco da novela gravavam no Nordeste nesta semana. As gravações, que iriam até domingo (18), foram canceladas pela emissora logo após a confirmação da morte do protagonista. Em choque, elenco e técnicos foram chamados de volta para o Rio de Janeiro.

Domingos Montagner morreu de asfixia mecânica por afogamento. O laudo completo da morte deve ficar pronto em uma semana. O corpo tinha pequenos machucados. As informações foram divulgadas pelo IML (Instituto Médico Legal) de Sergipe na madrugada desta sexta-feira (16).

O ator de  54 anos morreu depois de dar um mergulho no rio São Francisco na tarde de quinta-feira (15). Camila Pitanga tentou segurar as mãos de Domingo duas vezes antes do ator afundar. Em depoimento prestado na delegacia de Canindé de São Francisco, em Sergipe, a cerca de 200 km da capital Aracaju, a atriz contou que, após finalizar as gravações da novela, eles resolveram mergulhar no rio.

Fonte: TV Foco

Pará registra queda em focos de queimada

(Foto: Divulgação)

O Estado do Pará registrou no mês de agosto quase 5 mil focos de queimadas distribuídos em 119 municípios, segundo o Boletim de Monitoramento de Queimadas e Incêndios Florestais divulgado pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) nesta segunda-feira (12). Os resultados apontam uma redução de mais de 3 mil focos em relação ao mesmo período do ano passado.

Segundo o levantamento, um dos fatores que explicam a redução de queimadas foram as mudanças nas condições oceânicas, como por exemplo, o fim do fenômeno El Niño – fenômeno natural que causa o aumento anormal das temperaturas superficiais das águas do oceano Pacífico.

Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) mostram que os municípios paraenses de Altamira (913 focos), Novo Progresso (725 focos) e São Félix do Xingu (589 focos) são os que apresentaram maior frequência de focos de queimada e incêndio florestal no período, seguidos por Jacareacanga (426 focos), Itaituba (297 focos) e Cumaru do Norte (114 focos).

O levantamento também mostra que a região metropolitana de Belém e o extremo da Calha Norte apresentaram um volume de chuvas acima da média esperada para o período. Já no sul e sudoeste do estado o volume de chuvas foi dentro do esperado. Nas demais regiões do Pará houve registro de chuvas abaixo da normalidade.

A Semas alerta que queimadas provocadas em florestas são consideradas crime ambiental, por destruir ou danificar florestas ou qualquer tipo de vegetação nativa ou de espécies plantadas sem autorização ou licença da autoridade ambiental competente. O crime pode resultar em multas a partir de R$ 5 mil por hectare.

Por Madson Sousa – para Ascom Semas