O que as mudanças no Instagram podem significar para os usuários?

Resultado de imagem para mudanças no instagram
(Foto: Divulgação)

Publicações cheias de likes devem deixar de ser a norma em breve no Instagram. Para quem usava esses dados como marketing, essa pode ser uma mudança de paradigma importante: isso porque apenas o autor do conteúdo terá acesso aos dados de alcance dos posts.

7 dicas de saúde para o verão

Quando os dias ficam muito quentes devido ao verão, o número de casos de urgência nos hospitais pode aumentar, especialmente devido a problemas como picadas de insetos, desidratação, queimaduras ou até intoxicação alimentar.

Assim, para ter um Verão mais seguro e evitar correr o risco de ter algum destes problemas, existem dicas simples, como usar roupa leve ou trocar o horário do exercício físico, que podem ser feitas todos os dias.

No entanto, é importante lembrar que outros problemas mais comuns do inverno, como problemas respiratórios e gripes também podem acontecer, em pessoas de qualquer idade.

1. Evite o sol entre as 12h e 16h

7 dicas de saúde para o verão

Embora não seja possível evitar completamente o sol, o mais importante é evitar a exposição durante as horas de maior calor, isto é, entre o meio dia e às 16 horas. Neste horário, os raios solares são mais fortes e, por isso, além de existir um risco maior de queimaduras solares, também acontece uma perda superior de água pela pele, podendo causar desidratação grave.

Durante este horário, mesmo que não se esteja deitado no sol, é essencial passar protetor solar a cada 3 horas, usar chapéu e colocar óculos de sol.

2. Faça exercícios de manhã

7 dicas de saúde para o verão

O exercício físico é fundamental para manter seu organismo funcionando corretamente, assim como para eliminar toxinas. Por isso, não precisa, nem deve ser evitado no verão. O melhor é fazer o exercício ao início da manhã, que é quando o dia está mais fresco. E sempre que possível, deve-se fazer a atividade física em locais com sombra.

3. Use roupas de algodão e cor clara

7 dicas de saúde para o verão

O uso de roupas leves de cor clara ajudam a pele a eliminar o excesso de calor do organismo. Dessa forma, é preferível optar por camisetas leves, shorts e vestidos de verão, por exemplo. Nunca se deve utilizar roupa escura, como preto, marrom ou azul marinho, pois absorvem mais calor.

Além disso, é aconselhável preferir roupas de material natural, como algodão ou linho, ao invés dos tecidos sintéticos, como poliéster ou lycra, já que deixam a pele respirar mais facilmente, evitando o aumento exagerado da temperatura corporal.

4. Beba 2 litros de água todos os dias

7 dicas de saúde para o verão

Essa dica parece óbvia, mas na verdade a maioria das pessoas se esquece de beber água durante o dia, especialmente quando está trabalhando. Assim, mesmo que não se esteja na praia ou na piscina, é importante manter uma garrafa de água por perto, de forma a que se tente beber 2 litros de líquidos por dia, para manter a hidratação.

Alguns exemplos de bebidas perfeitas para hidratar além da água são os sucos de frutas natural, a água de coco ou até o chá gelado, por exemplo. O ideal é evitar refrigerantes e as bebidas muito açucaradas, pois não hidratam o suficiente e podem até causar falta de água no organismo.

Confira neste vídeo alguns truques legais para beber mais água durante o dia:

5. Evite refeições picantes e indigestas

7 dicas de saúde para o verão

Refeições muito grandes, com alimentos picantes ou com outros ingredientes indigestos, como os embutidos, por exemplo, tornam o organismo mais lento e provocam um excesso de trabalho pelo estômago, dificultando a eliminação do calor.

Dessa forma, deve-se optar por comer refeições mais leves e com alimentos de melhor digestão, como vegetais, frutas e massas, por exemplo. Veja outras sugestões do que comer no calor.

6. Tenha o ar condicionado ligado ou um ventilador

7 dicas de saúde para o verão

Esta dica quase não precisa de explicação. De fato, ter ar o condicionado de casa ou do local de trabalho ligado é a melhor forma de se manter refrescado. Mas não esqueça que esse tipo de equipamentos precisam ser revistos todos os anos para evitar o acúmulo de bactérias que podem causar doenças graves, como legionella.

Se você não possui ar condicionado, uma alternativa é utilizar um ventilador. Apesar do ventilador não refrescar o ar, permite criar pequenas correntes de ar que em contato com a sua pele ajudam a eliminar o excesso de calor, refrescando o organismo.

7. Deixe as portas e as janelas abertas

7 dicas de saúde para o verão

Deixar as portas e as janelas de casa abertas é uma ótima forma para complementar o uso do ventilador. Isto porque, assim é mais fácil renovar o ar, evitando que o ambiente fique muito abafado.

Mas atenção! É importante que, caso esteja em uma região com mosquitos da dengue, coloque redes mosqueteiras em todas as janelas e portas, antes de as deixar abertas.

Sinais que podem indicar problemas com o calor

A insolação é uma das principais complicações da exposição excessiva ao calor. Para saber se se está com uma insolação é importante estar atento aos sintomas:

  • Febre e pele vermelha, sem suor;
  • Pulso rápido e dor de cabeça;
  • Respiração ofegante;
  • Tonturas e confusão mental.

Nesse caso é recomendado tentar refrescar o corpo o quanto antes, tomando uma água ou suco fresco, lavando as mãos, os pulsos e a nuca com água fresquinha e ficando na frente de um ventilador, por exemplo. Mas se os sintomas não aliviarem é melhor ir ao médico.

Fonte: Tua Saúde

11 provas de que a missão Apollo à Lua NÃO foi uma fraude

Neil Armstrong andou na Lua em 21 de julho de 1969. Buzz Aldrin, também. Assim como dez outras pessoas depois deles.

Os humanos pisaram na Lua.

Apesar desse fato, algumas pessoas continuam convencidas de que a missão Apollo 11, a primeira a levar o homem ao satélite natural da Terra, foi uma fraude criada para irritar os russos e testar a lealdade de dezenas de milhares de pessoas envolvidas na maior notícia da história da humanidade.

Até hoje essas pessoas entopem o YouTube com suas provas e teorias de que: (a) humanos não pisaram na Lua, (b) elas perderam completamente a noção da realidade.

1 -Essas duas fotos são do mesmo lugar

NASA
Em 2008, uma sonda japonesa obteve provas fotográficas de que o homem chegou à Lua, comparando a imagem à esquerda (da missão Apollo 15), tirada em julho de 1971, com suas próprias imagens 3D. É o mesmo lugar.

2. As imagens ‘de estúdio’

NASA Goddard Photo and Video/Flickr

Esta foto costuma ser usada para afirmar que há “luzes de estúdio” visíveis no canto superior esquerdo da imagem. Mas não são luzes de estúdio, explica Roger Launius, do Smithsonian National Air And Space Museum. “OK. A NASA vai divulgar uma foto que mostra luzes de estúdio? Hello! As luzes estranhas são simplesmente efeitos da lente”, disse ele, sensatamente, à National Geographic.

  • 3. Dá para ver

    NASA Goddard Photo and Video/Flickr
    Há quem diga que, se a passagem do homem pela Lua fosse real, poderíamos enxergar os lugares da Terra, ou então pelo Telescópio Hubble. Não. É longe demais. Por outro lado, conseguimos enxergar os lugares onde pousaram as missões graças à Lunar Reconnaissance Orbiter.
  • 4. Outras missões já registraram.

    NASA
    Os lugares onde pousaram as missões já foram detectados pela sonda chinesa Chang’e 2, pela sonda indiana Chandrayaan-1e por várias outras agências espaciais independentes (que não receberam financiamento da NASA).
  • 5. Isto

    … é uma minúscula esfera de vidro (de cerca de 0,6 mm de diâmetro) produzida pelo impacto de um meteorito no solo lunar. “Encontramos partículas de vidro em rochas na Lua produzidas por ação vulcânica explosiva e por impactos de meteoritos há 3 bilhões de anos”, explica Marc Norman, geólogo lunar da Universidade da Tasmânia. “A presença de água na Terra decompõe esse tipo de vidro vulcânico em alguns milhões de anos. Essas pedras devem ter vindo da Lua!”
  • 6. E isto

    ASSOCIATED PRESS
    As pedras lunares trazidas da Lua pela NASA são idênticas em todos os pontos vitais àquelas encontradas na Terra.
  • 7. A bandeira estava tremulando, e isso faz sentido.

    ASSOCIATED PRESS
    Uma das afirmações dos que acreditam na teoria da conspiração é que a bandeira americana estaria “tremulando” na superfície da Lua. E isso é perfeitamente normal. Não, não há vento na Lua – mas há inércia. O tecido da bandeira se moveu quando a bandeira foi fincada. E a bandeira também tinha uma vareta na parte superior para manter o tecido esticado – do contrário, ela ficaria caída.
  • 8. Quem tirou as fotos?

    NASA Goddard Photo and Video/Flickr
    Uma das teorias da conspiração diz que a missão Apollo 11 registrou imagens de dois astronautas sem que houvesse uma terceira pessoa para capturá-las. Como explica a National Geographic, havia câmeras na roupa espacial de ambos, além de câmeras na nave.
  • 9. Onde estão as estrelas?

    sjrankin/Flickr
    Uma das afirmações que sustentam a teoria da fraude diz respeito à falta de estrelas no céu nas fotos tiradas da superfície da Lua. Isso acontece porque a Lua é muito clara e, portanto, reflete muita luz do Sol. Não se veem estrelas porque as câmeras não foram capazes de capturá-las.
  • 10. As imagens restauradas são incríveis

    Para comemorar os 40 anos da chegada do homem à Lua, a NASA divulgou uma série de imagens e vídeos restaurados da missão Apollo 11. As imagens são incríveis e detonam a antiga crítica de que os registros da Apollo tinham má qualidade de propósito para obscurecer o fato de que foram feitos em estúdio, ou algo do gênero.
  • 11. Esta expressão

    ASSOCIATED PRESS
    Essa é a cara de uma pessoa que acabou de pisar na Lua (Neil Armstrong), não a cara de uma pessoa que acabou de fingir que pisou na Lua.

 

Artigo originalmente escrito por Michael Rundle

Lua de sangue é vermelha pela mesma razão que faz o céu ser azul; entenda

Na próxima sexta-feira (27), o planeta Terra vai passar pelo mais longo eclipse lunar do século. Será 1h42 de fase total – quando o satélite ficará inteiro “escurinho” – acompanhado de um fenômeno chamado “Lua de sangue”. Esse fenômeno, que dá à Lua um tom avermelhado, é provocado pelos mesmos fatores que fazem o céu ser azul.

No eclipse, Sol, Terra e Lua ficarão alinhados, e nosso planeta bloqueará a passagem dos raios solares até o satélite. A forma como as cores são “desviadas” ao passar pela atmosfera e a posição dos astros criarão o tom vermelho.

Para entender a “Lua de sangue” é importante saber como os raios solares se comportam na atmosfera. A luz solar é a soma de todas as cores. Quando essa luz chega na camada de ar da Terra, cada cor se espalha de uma forma. Vale lembrar da sequência de cores do arco-íris:

  • violeta
  • anil
  • azul
  • verde
  • amarelo
  • laranja
  • vermelho

Nessa escala, quanto mais perto do violeta, mais se espalha na atmosfera. Quanto mais perto do vermelho, menos se espalha.

“As cores da luz do Sol são afetadas de maneira diferente. A luz mais azul é muito mais afetada, mais espalhada à medida que vai passando”, explica Thiago Signorini Gonçalves, da Sociedade Astronômica Brasileira.

Por isso, quando estamos na Terra e olhamos para cima o céu é azul. A cor azul se “espalhou” por toda a atmosfera. A percepção dos nossos olhos também influencia. Temos mais facilidade para perceber o azul e o verde. Por isso, o céu é azul para nós. Nesse caso, tem a ver com a nossa fisiologia também.

Nesta sexta-feira, durante o eclipse, a lua de sangue acontecerá assim:

  1. A Terra vai bloquear os raios do Sol
  2. Alguns deles passarão pela atmosfera
  3. A cor azul se espalhará na camada de ar da Terra
  4. E os raios vermelhos, que se espalham menos, passarão
  5. A Lua refletirá então esses raios e ficará “de sangue”

Outro ponto de vista

E como seria para um astronauta ver a Terra na superfície Lua em dia de eclipse? Como seria um eclipse “terráqueo” total?

A agência espacial americana (Nasa) já pensou nisso e divulgou uma ilustração. Ver a Terra da perspectiva da Lua em dia de eclipse é ver um grande anel vermelho onde tem a atmosfera:

Ilustração mostra como seria observar o eclipse da perspectiva da Lua (Foto: Hana Gartstein )
Ilustração mostra como seria observar o eclipse da perspectiva da Lua (Foto: Hana Gartstein )

O eclipse no Brasil

Na última sexta-feira (20), o G1 explicou que o eclipse lunar total vai ser o mais longo do século. O eclipse começa às 16h30, mas a Lua não terá nascido no Brasil ainda. A partir das 17h15 ela aparece no Recife, a capital brasileira com mais tempo para admirar a fase total, que termina às 18h13 minutos. A parcial, quando a Lua está só um pedaço coberta pela sombra, ocorre até 19h19 e poderá ser vista em todo o país.

Para observar, a melhor saída é ir para um lugar aberto e o mais perto da costa do Brasil possível. Vale checar o horário que nasce a Lua em cada região e ver qual será a janela de tempo para apreciar. Consigo ver na avenida Paulista? Difícil. O horizonte é tomado por prédios, muitas luzes. O ideal é ir para um campo aberto, onde geralmente é bom para observar as estrelas, segundo o Thiago Signorini Gonçalves, da Sociedade Astronômica Brasileira.

Horário do nascer da Lua no dia 27 de julho

CIDADE HORÁRIO
JOÃO PESSOA 17H16
BELO HORIZONTE 17h34
BRASÍLIA 17h57
CURITIBA 17h47
FLORIANÓPOLIS 17h40
FORTALEZA 17h36
NATAL 17h19
PORTO ALEGRE 17h46
RECIFE 17h15
RIO DE JANEIRO 17h26
SALVADOR 17h22
SÃO PAULO 17h39
VITÓRIA 17h18

Um ponto positivo do eclipse da Lua é que, ao contrário da versão solar, não é necessário um óculos especial para admirar. Vale conseguir um binóculo ou uma luneta. O melhor é ir logo na hora que a Lua nascer na cidade, assim dá para aproveitar a versão de sangue.

Fonte: G1

Casos de sarampo aumentam no país; veja sintomas e como se proteger

Casos de sarampo aumentam no país; veja sintomas e como se proteger
(Foto: Divulgação)

Por que o sarampo, que já tinha praticamente sumido, está de volta? Há casos principalmente no norte do país. Segundo a vigilância de saúde, os novos casos foram trazidos por venezuelanos que chegaram ao Brasil. Já são duas mortes em Roraima e uma no Amazonas – um bebê de apenas sete meses.

O sarampo é um vírus de fácil transmissão, explica a infectologista Rosana Richtmann. As bolinhas vermelhas só aparecem alguns dias depois e a doença começa com tosse, coriza e febre. Muitas pessoas não tomam a vacina porque acham que o sarampo é uma doença leve, mas a verdade é que ela pode até levar a complicações neurológicas nas crianças.

Entre as complicações estão:

  • Infecção nos ouvidos
  • Diarreia
  • Vômito
  • Hemorragia
  • Alterações neurológicas (convulsões e encefalites)
  • Pneumonia bacteriana secundária
  • Hepatite

Todo mundo precisa tomar duas doses da vacina a partir de um ano de idade. A imunização está dentro da vacina tríplice viral (protege contra sarampo, rubéola e caxumba).

Hepatites

Casos de hepatites também preocupam. A hepatite A aumentou mais de 70% no Brasil, principalmente entre homens. A hepatite B também preocupa, porque muita gente esquece de se vacinar.

É possível controlar e mesmo eliminar os vírus da hepatite. Isso porque os vírus A e B têm vacina e ainda existem outros métodos de prevenção e tratamento.

  • Hepatite A: transmitida pelo contato de fezes com a boca. É preciso higienizar os alimentos, consumir só água potável, higienizar as partes íntimas e usar proteção no sexo. Tem vacina.
  • Hepatite B: transmitida pelos fluídos sexuais e sangue. Usar camisinha, não compartilhar objetos cortantes e cuidados com procedimentos invasivos são meios de prevenção. Tem vacina.
  • Hepatite C: também transmitida pelos fluídos sexuais e sangue. A prevenção é a mesma da hepatite B. Esse tipo é o que mais gera adoecimento e óbitos, apesar de 90% dos casos poderem ser curados e os remédios estarem disponíveis no SUS. Não tem vacina.

Fonte: G1

Produção de veículos no Brasil cresce 13,6% no 1º semestre

Fábrica da Volkswagen no ABC paulista  (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

A produção de veículos no Brasil subiu 13,6% no primeiro semestre do ano, na comparação com o mesmo período do ano passado, afirmou nesta sexta-feira (6) a associação das montadoras (Anfavea).

As fábricas instaladas no país montaram um total de 1,43 milhão de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus de janeiro a junho, contra 1,26 milhão no primeiro semestre de 2017.

O crescimento ocorreu em todos os segmentos, com avanço de 12,6% nos carros de passeio e comerciais leves, 37,7% nos caminhões e 49,7% nos ônibus.

Produção de veículos no Brasil
Nos últimos 9 meses

Vendas

Os emplacamentos de veículos novos ficaram estáveis de maio para junho e cresceram 14,4% no semestre. Segundo Antonio Megale, presidente da Anfavea, as vendas de junho foram afetadas pela greve dos caminhoneiros e pela Copa do Mundo.

“Esperávamos um pouco mais desse mês, mas a greve do mês passado atrapalhou um pouco os emplacamentos. A Copa do Mundo também influencia”, disse.

Exportações

Depois de puxarem a recuperação da crise, as exportações ficaram praticamente estáveis no semestre, com avanço pequeno de 0,5% sobre o número de 2017. No total, foram enviadas para fora do país 379 mil unidades.

“Vemos alguns problemas com nossos principais parceiros. O México está instável, acabou de ter uma eleição, e a Argentina também. Esses países estão revendo seus pedidos”, explicou Megale.

Mesmo assim, o volume atual de exportações ainda é um recorde histórico, pouco acima do registrado em 2017.

Projeções revistas

A Anfavea manteve a expectativa de alta de 11,7% nas vendas de veículos novos em 2018, mas reduziu a estimativa de avanço na produção de 13,2% para 11,9%.

Para as exportações, a entidade estava mais otimista em janeiro com previsão de acréscimo de 4,5%, mas agora trabalha com estabilidade (0%), repetindo o mesmo volume total de 766 mil unidades registrado no ano passado.

Fonte: G1

Executivo da Netflix deixa a empresa após uso de termo racista

(Foto: Divulgação)

O diretor de comunicações da Netflix, Jonathan Friedland, foi demitido da companhia após utilizar um termo racista ao dirigir-se a seus funcionários, informou um porta-voz nesta sexta-feira (22).

Em comunicado confirmado pela empresa, ele teria usado duas vezes um termo considerado racista e ofensivo para se referir a pessoas negras, diante de membros de sua equipe e do setor de recursos humanos.

Friedland tuitou que teria feito comentários de forma insensível. “Líderes precisam ser irrepreensíveis e infelizmente fiquei aquém desse padrão quando fui insensível falando para minha equipe”, escreveu o executivo.

Ele passou mais de sete anos na Netflix e, anteriormente, atuava na Walt Disney. A saída de Friedland do Netflix é a mais recente de uma série de importantes executivos renunciando por comportamento inapropriado.

Procurado pela Reuters, Friedland não estava imediatamente disponível para comentar sua saída da empresa.

Demissão na Ford

O ex-diretor da Ford Motor nos EUA, Raj Nair, saiu abruptamente da companhia em fevereiro, após investigação sobre seu comportamento, enquanto o ex-presidente-executivo da Intel , Brian Krzanich, renunciou na véspera por ter tido relacionamento com uma colega.

Fonte: ORM